top of page

Problemas com a sexualidade

Atualizado: 24 de abr.


Problemas com a sexualidade
Problemas com a sexualidade

A maioria das pessoas sente, em alguma fase da sua vida, problemas com a sexualidade e dificuldades nas relações sexuais. Estas dificuldades ou problemas podem incluir a falta de interesse, libido ou até mesmo disfunção erétil ou hormonal, bem como a ejaculação precoce. Por exemplo, a perda da libido ou diminuição do desejo sexual, é um problema muito comum que afeta, de uma forma geral, mais de 50% das mulheres e mais de 30% dos homens, sendo normalmente causada por alterações hormonais, fadiga física e mental, stress, ansiedade, depressão, problemas de relacionamento, doenças crónicas ou até o uso de medicamentos, como é o caso dos antidepressivos ou anti-hipertensivos. Esta situação pode ocorrer em qualquer idade adulta, não sendo exclusiva de pessoas com idade avançada.


Com recurso a técnicas terapêuticas que atuam ao nível do subconsciente e da leitura da frequência eletromagnética do corpo, estimula-se as capacidades autocorretivas do organismo através do biofeedback quântico, sendo possível, em poucas sessões, libertar-se definitivamente desse estado.


Recupere o controle da sua mente e do seu corpo com o poder da Hipnoterapia e do Biofeedback Quântico, transformando a sua vida de uma forma rápida e eficaz!


Descubra uma solução inovadora, rápida, eficaz e natural com a Hipnoterapia e o Biofeedback Quântico (somos das poucas clínicas no mundo que combinam o poder da Hipnoterapia com a precisão e tecnologia de última geração do Biofeedback Quântico).


Não perca mais tempo e resolva definitivamente o seu problema; passe a ter mais saúde e a ser mais feliz!






Incluí, grátis e sem qualquer compromisso:


Também pode efetuar a marcação através do telefone


António Santos - +351 924008685


Obs.: A utilização da Hipnoterapia em conjunto com o Quantum Biofeedback potência a rapidez na obtenção de resultados, no entanto, pode sempre optar por utilizar apenas uma das técnicas (Hipnoterapia ou Biofeedback) com a garantia dos mesmos resultados. No valor da consulta/terapia, está sempre incluído a utilização da Hipnoterapia e do Biofeedback em conjunto, sendo que a utilização de apenas uma delas não altera o valor.



Principais causas:

  1. Alterações psicológicas: O stress, ansiedade e depressão podem interferir diretamente diretamente no humor e na disposição, causando a perda da libido.

  2. Traumas emocionais: Os traumas emocionais de vária ordem podem causar a diminuição da libido, principalmente quando estão relacionados com a relação pessoal e sexual.

  3. Disfunção erétil: Também conhecida como impotência sexual nos homens, é a dificuldade para ter e/ou manter uma que permita ter uma relação sexual satisfatória, podendo causar diminuição do desejo sexual, geralmente devido à frustração. A disfunção erétil pode ocorrer em homens de qualquer idade, podendo ser causada pelo envelhecimento natural do corpo ou por consumo de drogas, cigarro e stress excessivo, ou por condições de saúde física e mental, como diabetes, doenças renais ou problemas psicológicos, por exemplo.

  4. Problemas no relacionamento: Alguns problemas no relacionamento, como brigas ou conflitos mal resolvidos, desconfianças, falta de conexão com o (a) parceiro (a) ou problemas de comunicação, podem afetar o bem-estar psicológico e causar diminuição do desejo sexual.

  5. Uso de medicamentos: Alguns medicamentos, como antidepressivos, diuréticos ou anti-hipertensivos, podem diminuir a libido como efeito colateral, por afetarem a parte do sistema nervoso responsável pelo desejo sexual ou reduzir o fluxo sanguíneo para a região íntima. Além disso, no caso das mulheres, os anticoncepcionais, por alterarem os níveis hormonais, podem interferir no desejo sexual e diminuir a libido. Já nos homens, o uso de remédios para próstata ou queda de cabelos, como o acetato de gosserrelina, bicalutamida, flutamida, finasterida ou dutasterida, podem diminuir os níveis de testosterona no organismo, o que pode afetar o desejo sexual.

  6. Pós-parto: No pós-parto ou na fase de amamentação, devido às alterações hormonais normais dessas fases, a mulher pode ter uma diminuição do desejo sexual.Além disso, as mudanças no corpo e o cansaço de cuidar do bebé, podem afetar o bem-estar psicológico, o que pode diminuir a libido.

  7. Menopausa: A menopausa é o momento marcado pelo fim da idade fértil da mulher em que os ovários deixam de produzir estrogénio, o que pode diminuir a libido e reduzir o interesse pelo contato íntimo. Além disso, devido à diminuição da produção de estrogénio pelos ovários, algumas mulheres podem ter secura vaginal, e diminuição da produção do muco que mantém a vagina húmida, o que pode causar dor ou desconforto durante a relação sexual, e levar à falta de libido.

  8. Diminuição dos níveis de testosterona no homem: A testosterona é o principal hormónio masculino que está diretamente relacionado com o desejo sexual e produção de espermatozoides. Quando os níveis desse hormónio estão baixos, pode causar diminuição da libido, menor desempenho sexual, cansaço e indisposição. A diminuição da testosterona é normal após os 50 anos, quando inicia a andropausa masculina, que é semelhante à menopausa feminina, porém o homem continua sendo fértil, havendo apenas uma diminuição na sua fertilidade.

  9. Dor durante a relação sexual: A dor durante as relações sexuais pode causar uma diminuição da libido e redução do interesse pelo contato íntimo, devido à dor e ao desconforto. Algumas causas de dor na relação em mulheres são endometriose, alergias, alterações hormonais ou infecções sexualmente transmissíveis. Já em homens, pode estar relacionada à fimose ou inflamação na próstata, por exemplo.

  10. Falta de estimulação: Nas mulheres, a falta de libido também pode ser causada pela dificuldade em atingir o orgasmo ou de ficar excitada, que podem estar relacionados à falta de estímulo pelo(a) parceiro(a). Isto porque a falta de estímulo, pode causar uma dificuldade em produzir o lubrificante natural, causando secura vaginal e desconforto durante o contato íntimo, além de uma perda de interesse pelo contato sexual.

  11. Doenças crónicas: As doenças crónicas, como diabetes, pressão alta, artrite reumatoide, câncer, doença arterial coronariana, doenças neurológicas ou problemas nos rins ou fígado, podem afetar a libido, diminuindo o desejo sexual.


Com recurso a técnicas terapêuticas que atuam ao nível do subconsciente e da leitura da frequência eletromagnética do corpo, estimula-se as capacidades autocorretivas do organismo através do biofeedback quântico, sendo possível, em poucas sessões, libertar-se definitivamente desse estado.


Recupere o controle da sua mente e do seu corpo com o poder da Hipnoterapia e do Biofeedback Quântico, transformando a sua vida de uma forma rápida e eficaz!


Descubra uma solução inovadora, rápida, eficaz e natural com a Hipnoterapia e o Biofeedback Quântico (somos das poucas clínicas no mundo que combinam o poder da Hipnoterapia com a precisão e tecnologia de última geração do Biofeedback Quântico).


Não perca mais tempo e resolva definitivamente o seu problema; passe a ter mais saúde e a ser mais feliz!






Incluí, grátis e sem qualquer compromisso:


Também pode efetuar a marcação através do telefone


António Santos - +351 924008685


Obs.: A utilização da Hipnoterapia em conjunto com o Quantum Biofeedback potência a rapidez na obtenção de resultados, no entanto, pode sempre optar por utilizar apenas uma das técnicas (Hipnoterapia ou Biofeedback) com a garantia dos mesmos resultados. No valor da consulta/terapia, está sempre incluído a utilização da Hipnoterapia e do Biofeedback em conjunto, sendo que a utilização de apenas uma delas não altera o valor.



Posts recentes

Ver tudo

Comentários


Os comentários foram desativados.
bottom of page