top of page

Fobias e Medos

Atualizado: 19 de abr.


Fobias e Medos
Fobias e medos

Estas perturbações afectam 1 em cada 10 pessoas e impactam negativamente o bem-estar psicológico, limitando a vida pessoal, social e profissional/escolar.


A fobia é uma reação emocional intensa e frequentemente desproporcional a um estímulo específico ou situação. É mais do que um mero desconforto, pode ser um medo avassalador que interfere significativamente na vida diária. Por exemplo: uma pessoa que ao avistar uma simples aranha é dominada por um pânico tão intenso que reestrutura a sua rotina apenas para evitar tal encontro.


Este medo profundo vai além do simples desconforto, manifestando-se fisicamente através de sintomas como palpitações, tremores e até náuseas.


Na hipnoterapia, as fobias são enquadradas em 5 tipos:

  • Fobia por trauma;

  • Fobia por aprendizagem;

  • Fobia por deslocamento;

  • Fobia transgeracional;

  • Fobia originada numa vida passada.


Recupere o controle da sua mente e do seu corpo com o poder da Hipnoterapia e a precisão do Biofeedback Quântico, transformando a sua vida sem depender de medicamentos. Uma solução eficaz para uma (o) nova (o) você!


Descubra uma solução inovadora, rápida, eficaz e natural com a Hipnoterapia e o Biofeedback Quântico (somos das poucas clínicas no mundo que combinam o poder da Hipnoterapia com a precisão e tecnologia de última geração do Biofeedback Quântico).


Não perca mais tempo e resolva definitivamente o seu problema; passe a ter mais saúde e a ser mais feliz!






Incluí, grátis e sem qualquer compromisso:


Também pode efetuar a marcação através do telefone


António Santos - +351 924008685


Obs.: A utilização da Hipnoterapia em conjunto com o Quantum Biofeedback potência a rapidez na obtenção de resultados, no entanto, pode sempre optar por utilizar apenas uma das técnicas (Hipnoterapia ou Biofeedback) com a garantia dos mesmos resultados. No valor da consulta/terapia, está sempre incluído a utilização da Hipnoterapia e do Biofeedback em conjunto, sendo que a utilização de apenas uma delas não altera o valor.



  • Fobia por Trauma

A fobia por trauma é um tipo específico de fobia que tem origem numa experiência traumática com o objeto ou situação temida. Este tipo de fobia é caracterizado por uma ligação direta e clara entre um evento traumático e o desenvolvimento subsequente de um medo intenso e, muitas vezes, irracional.

 

A essência da fobia por trauma é a associação imediata que o cérebro faz entre um objeto ou situação e uma ameaça à segurança ou bem-estar do indivíduo. Se uma criança é bicada por um pato, o seu cérebro pode associar instantaneamente patos (e, por extensão, aves semelhantes) a dor, perigo ou desconforto. Mesmo que o risco real de ser bicado novamente seja baixo, o sistema de resposta ao medo da criança pode ser ativado instantaneamente na presença de patos no futuro, levando a uma resposta de evitação ou pânico.

 

A biologia do trauma desempenha um papel crucial na formação de fobias por trauma. Quando enfrentamos uma situação traumática, o corpo liberta hormônios do stress, como cortisol e adrenalina. Estes hormônios ajudam a gravar essa memória de forma mais vívida no cérebro. Assim, memórias traumáticas tendem a ser mais fortes e persistentes do que outras memórias, tornando mais provável que uma resposta fóbica se desenvolva.


  • Fobia por Aprendizagem

O conceito de aprendizagem social, introduzido por Albert Bandura, sugere que os indivíduos aprendem não apenas através das suas próprias experiências diretas, mas também a observar as ações e consequências das ações dos outros. Este processo de observação e imitação desempenha um papel fundamental na maneira como formamos e compreendemos o mundo à nossa volta, incluindo a formação de medos e fobias.

 

A fobia por aprendizagem surge quando um indivíduo desenvolve um medo irracional ou intenso de um objeto, situação ou ser, não por experiências diretas negativas, mas por observar as reações de medo de outras pessoas - os "modelos".

 

Por exemplo, uma criança que nunca teve uma interação negativa com um cão pode desenvolver uma fobia de cães após ver um irmão mais velho demonstrar medo intenso na presença de cães. Outra situação comum é quando os pais, na tentativa de proteger os seus filhos, mostram comportamentos cautelosos ou ansiosos em determinadas situações. Se um pai repetidamente puxa o seu filho para perto sempre que um cão se aproxima, a criança pode interpretar esse comportamento como uma indicação de que cães são inerentemente perigosos, mesmo que nunca tenha tido uma experiência ameaçadora com um cão.

 

Além da simples observação, o reforço também desempenha um papel crucial. Se, após a criança desenvolver um medo inicial de cães com base na reação do seu pai, ela começa a evitar cães e essa evitação leva a sentimentos de alívio ou segurança, esse comportamento de evitação é reforçado. Assim, a fobia é solidificada não apenas pela observação, mas também pelo reforço subsequente da evitação.


  • Fobia por Projeção (deslocamento)

Deslocamento é a transferência de sentimentos, desejos ou medos da sua origem para um objeto ou situação menos ameaçadora. Este objeto fóbico, por sua vez, não é temido em si, mas simboliza um conflito ou desejo mais profundo. Dentro desse prisma, a fobia é uma tentativa, muitas vezes inconsciente, de dar forma à "falta-a-ser", um sentimento intangível de vazio ou incompletude na psique humana. Ao investir intensamente na fobia, o indivíduo tenta preencher esse vazio.


A catexia e a anticatexia desempenham um papel crucial na compreensão das fobias. A catexia refere-se ao intenso investimento de energia psíquica em algo, como um objeto fóbico. Esta energia, que poderia ser utilizada para confrontar o vazio interno, é direcionada ao objeto fóbico, destacando a importância do objeto fóbico na psique do indivíduo.

 

A anticatexia, responsável por inibir ou controlar impulsos do inconsciente, atua como um mecanismo de defesa. Essa alocação de energia mantém certos impulsos ou desejos reprimidos, com a fobia a emergir como uma manifestação desse conflito interno.

 

 Integrando ambos os conceitos, percebe-se que a fobia é produto de deslocamentos energética. A intensidade do medo é explicada pela catexia, enquanto a anticatexia pode criar insights sobre os mecanismos de defesa que mantêm a verdadeira fonte do conflito oculta.

 

Ao compreender a simbologia por detrás do objeto fóbico e integrar a catexia e anticatexia na análise, obtemos uma visão holística da fobia por projeção, considerando-a não apenas como um medo isolado, mas como janelas para conflitos, traumas e desejos mais profundos na psique humana.


  • Fobia Transgeracional

"Porque é que alguém teria um medo tão irracional de algo tão inofensivo?"

 

A resposta a essa pergunta pode ser encontrada não apenas nas experiências individuais, mas também na genética e, surpreendentemente, nas experiências dos nossos antepassados.

 

Enquanto um trauma passado, como ser mordido por um cão, pode ser a fonte de uma fobia, estudos recentes sugerem que traumas vivenciados pelos nossos avós ou bisavós podem influenciar o nosso comportamento atual. Como? Através da epigenética.

 

A epigenética é uma área fascinante da genética que estuda como certos fatores ambientais ou experiências podem alterar a forma como os genes são expressos, sem mudar a sequência de ADN em si. Imaginemos o nosso ADN como um livro de receitas. Enquanto a sequência genética seria as receitas em si, as marcas epigenéticas seriam como notas de post-it que indicavam quais receitas deviamos utilizar e quais ignorar.

 

Estas marcas são moldadas por experiências, ambiente e até mesmo traumas. E a parte mais intrigante? Em certas ocasiões, estas "notas" podem ser passadas de uma geração para a próxima.

 

Existem fortes evidências que sugerem que traumas ou experiências intensas de gerações passadas podem deixar marcas epigenéticas que são herdadas pelos descendentes. Estas descobertas desafiam a nossa percepção tradicional sobre medo e trauma, destacando como a interação entre genes, ambiente e histórico familiar pode moldar o nosso comportamento de maneiras inesperadas e complexas.


  • Fobia de Origem numa Vida Passada

 Um dos conceitos centrais da terapia das vidas passadas ou regressão, (em termos terapêuticos, não é relevante se a pessoa acredita nas vidas passadas ou não, pois o inconsciente não distingue o real do imaginário e funciona em termos simbólicos) é a ideia de que experiências traumáticas de uma vida passada, que não foram devidamente processadas ou resolvidas, podem continuar a influenciar o comportamento, as emoções e até mesmo a saúde física de um indivíduo na vida atual. Estes traumas latentes podem manifestar-se de várias maneiras, desde padrões comportamentais recorrentes até fobias inexplicáveis.

 

A Fobia de Origem numa Vida Passada sugere que certos medos ou fobias intensas, que não têm uma explicação clara ou origem identificável na vida presente, podem ser resquícios de traumas sofridos em vidas anteriores. Por exemplo, uma pessoa que tem um medo paralisante de água, mas que nunca teve uma experiência traumática relacionada com água nesta vida, nem por observação, poderia ter sofrido um afogamento numa vida anterior (ou o inconsciente ter simbolicamente representado o trauma dessa forma).

 

O que torna essa abordagem particularmente interessante é que, independentemente de uma pessoa acreditar literalmente em reencarnação ou vidas passadas, muitos terapeutas e pacientes relatam benefícios terapêuticos ao explorar e "resolver" esses traumas passados. A terapia pode funcionar como uma forma de metáfora profunda ou técnica de visualização, permitindo que o paciente aceda, confronte e liberte emoções e memórias dolorosas que estão a afetar a sua vida presente.

 

Recupere o controle da sua mente e do seu corpo com o poder da Hipnoterapia e a precisão do Biofeedback Quântico, transformando a sua vida sem depender de medicamentos. Uma solução eficaz para uma (o) nova (o) você!


Descubra uma solução inovadora, rápida, eficaz e natural com a Hipnoterapia e o Biofeedback Quântico (somos das poucas clínicas no mundo que combinam o poder da Hipnoterapia com a precisão e tecnologia de última geração do Biofeedback Quântico).


Não perca mais tempo e resolva definitivamente o seu problema; passe a ter mais saúde e a ser mais feliz!






Incluí, grátis e sem qualquer compromisso:


Também pode efetuar a marcação através do telefone


António Santos - +351 924008685


Obs.: A utilização da Hipnoterapia em conjunto com o Quantum Biofeedback potência a rapidez na obtenção de resultados, no entanto, pode sempre optar por utilizar apenas uma das técnicas (Hipnoterapia ou Biofeedback) com a garantia dos mesmos resultados. No valor da consulta/terapia, está sempre incluído a utilização da Hipnoterapia e do Biofeedback em conjunto, sendo que a utilização de apenas uma delas não altera o valor.





Posts recentes

Ver tudo

Commentaires


Les commentaires ont été désactivés.
bottom of page